TREINAMENTO DE NR-33 – SEGURANÇA E SAÚDE NOS TRABALHOS EM ESPAÇOS CONFINADOS (Executante / Vigia e Supervisor de Entrada)

Espaço Confinado é definido pela NR-33 como uma área ou ambiente não projetado para ocupação humana contínua, que possui meios limitados de entrada e saída, cuja ventilação existente é insuficiente para remover contaminantes ou onde pode existir a deficiência ou enriquecimento de oxigênio.

Esta Norma tem como objetivo estabelecer os requisitos mínimos para identificação de espaços confinados e o reconhecimento, avaliação, monitoramento e controle dos riscos existentes.

Ela visa ainda garantir permanentemente a segurança e saúde dos trabalhadores que interagem direta ou indiretamente nestes espaços.
Alguns exemplos de espaços confinados são os serviços de gás, esgoto e eletricidade.

Para entrar em um espaço confinado, a empresa deve fornecer uma autorização para Permissão de Entrada e Trabalho – PET. Esta permissão é exigida por lei e é executada pelo supervisor de entrada.

O curso é obrigatório para trabalhadores, vigias e supervisores que trabalhem em espaços confinados.

O vigia é o trabalhador designado para permanecer fora do espaço confinado e que é responsável pelo acompanhamento, comunicação e ordem de abandono dos trabalhadores.

Já o supervisor de espaço confinado é um profissional capacitado para elaborar e assinar a permissão de entrada (PET) para assim ordenar a entrada segura dos trabalhadores nestes espaços.

Segundo a NR-33, no item – 33.3.4.6 o supervisor de entrada pode desempenhar a função de vigia. Mas não o contrário, somente o profissional capacitado para ser supervisor de espaço confinado pode elaborar a PET.

Durante o treinamento serão ensinadas técnicas de segurança ao trabalhador frente aos riscos, as medidas de controle de emergência e salvamento em casos de acidentes em locais de trabalho confinado.

Também como métodos corretos de trabalho e suas normas de segurança criadas exatamente para os trabalhadores que desempenham serviços onde o ambiente de trabalho não seja projetado para a ocupação humana contínua ou que possuem meios limitados de entrada e saída.

Conteúdo Programático

A capacitação para executante e vigia

a) definições;

b) reconhecimento, avaliação e controle de riscos;

c) funcionamento de equipamentos utilizados;

d) procedimentos e utilização da Permissão de Entrada e Trabalho;

e) noções de resgate e primeiros socorros.

A capacitação para Supervisores de Entrada conteúdo programático estabelecido no subitem anterior, acrescido de:

a) identificação dos espaços confinados;

b) critérios de indicação e uso de equipamentos para controle de riscos;

c) conhecimentos sobre práticas seguras em espaços confinados;

d) legislação de segurança e saúde no trabalho;

e) programa de proteção respiratória;

f) área classificada;

g) operações de salvamento.

Fale Conosco

Abrir chat
Precisando de ajuda ?